domingo, 21 de novembro de 2010

- uma carta.

Carry_My_Tears_To_Heaven_by_xxbcxx

- doce céu que me vê todos os dias, venha e faça-se presente em mais um momento em minha vida. Olha só, hoje estou com minhas asas, sabe? Lembra o tanto que sofri e as desejei? Então, chegou o dia em que as recebi e hoje quero abrí-las pra você, pra te entregar toda a minha felicidade e te fazer participar disso, mostrando o quanto é importante. Quero viajar entre seus mistérios e toda a sua extensão, quero sentir o vento em mim e quero abrir o meu sorriso pro mundo, jogando palavras de força por aí, palavras que encorajem as pessoas a acreditarem em seus desejos mais intensos. Quero que elas sintam e acreditem que a esperança existe, que o sonho pode tornar-se realidade. Quero que elas acreditem que o céu é realmente o que Deus nos deu pra vivermos intensamente, quero que elas acreditem que é possível; Doce céu, seja meu por hoje e amanhã de outro alguém. Doce céu, obrigado por me fazer acreditar em Deus, obrigado por me fazer sentir que sou protegido e olhado a todo instante com todo o cuidado que preciso. Obrigado, doce céu, obrigado.

3 comentários:

Marcelo R. Rezende disse...

Que carinho Van.
Emocionei.
Esse seu céu que te abriga, anjo, ainda vai te alçar em voos inimagináveis.

César disse...

Olá, meu caro 7mbro. Se cres em deus, quem é o anjo ateu?

Abraço.

@theusmoreno disse...

Anjo tu, guerreiro eu, que alcance o céu e ultrapasse o limite do mesmo. Que as asas sejam fortes e que não haja força de natureza alguma capaz de feri-las.