quarta-feira, 11 de março de 2009

- destino.

- Não era de amores que ele queria viver, mas ser amado é o que precisava. Procurava nos olhos de toda aquela gente um mundo diferente, uma vida completa, um pouco de carinho, alguns sorrisos. Não sabia ler, escrever, mas era todo sentimento e respirava pra isso. Vivia sozinho no meio de muita gente, era feliz por muitos momentos, mas sentia-se triste por ser breve. Cada segundo era precioso e os aproveitava da melhor forma que podia ou sabia e foi feliz nisso! Encontrou um sorriso, um carinho, um complemento e tudo mudou. Fechou os olhos, deu um grande sorriso e parou de respirar.

5 comentários:

Miih disse...

Viver um certo momento que ficará em nossas memórias com certeza nao tem preço!
E tirando o carinho, sorrisos, enfim, todas as outras coisas que precisamos né?
As vezes sinto falta disso!

Thanatos disse...

O que há mais precioso na vida do que as memórias e as pessoas que conhecemos?

Tudo isso é o mais marcante. E vale ouro.

Yulia Amaral disse...

TE AMO, eim!
amei esse post :~

Ana disse...

O que precisamos está indiretamente ligado ao que nos faz viver.

Por isso precisamos de pessoas e por isso eu preciso dos meus sentimentos.

mais um garoto malvado disse...

Não sei comentar em blog, rs. Então, só direi:
-Que lindoooooooooooooooooooooooooo